PLANTIO DO MILHO SAFRINHA

0

 

          O plantio da safrinha garante grande parte da produção de grãos de milho no Brasil. Este crescimento foi alcançado não somente pelo aumento da área plantada, mas também por um  crescimento vertical na produção ano após ano. Este crescimento na produção é decorrente de híbridos de alto teto produtivo, plantio do milho em janela favorável ao desenvolvimento, sendo este, possibilitado  pela precocidade  da soja, onde efetua a colheita da  oleaginosa mais  cedo e realiza o plantio deste,  maior  demanda pelo alimento,  utilização  do produto  como biocombustível,  a inovação  tecnológica  com maquinário  moderno  e ainda  qualidade  operacional. No quesito qualidade  operacional  que contribui diretamente  no rendimento final da cultura,  será item  de  destaque nesse informativo, o plantio.

      A qualidade do plantio depende de diversos fatores, sendo os principais relatados a seguir.

  • Velocidade de Plantio:Um dos principais problemas ligados à velocidade de plantio é a distribuição de sementes com uniformidade, ou seja, a distância entre elas e ainda a quantidade das mesmas. Realizando um plantio com velocidades elevadas, teremos a falta de uniformidade da profundidade de plantio e um alto índice de plantas duplas ou ainda falhas de plantas. A distribuição irregular das sementes acarretará uma maior competição entre as plantas resultando em um desenvolvimento irregular, e consequentemente produzirá espigas menores implicando diretamente na produção.
  • Escolha do disco de plantio (plantadeiras mecânica) e regulagem da pressão do vácuo (pneumático):Para plantadeiras mecânicas, a escolha correta do conjunto disco + anel, é de extrema importância para a boa distribuição de sementes. Para plantadeiras com sistema de distribuição pneumático, a pressão do vácuo deve estar bem regulada para evitar problemas na distribuição das sementes, assim como a correção de duplicidade e ainda a escolha de um disco com diâmetro e cavidade de furo que possibilite boa sustentação da semente pelo vácuo.
  • Distância entre a semente e o adubo:A distância incorreta da semente com o fertilizante no momento do plantio implicará em muitas das vezes na qualidade da emergência das plântulas. Esta proximidade do adubo com a semente pode causar uma salinização na linha de plantio. O ideal é que o fertilizante fique cinco centímetros ao lado e também cinco centímetros abaixo da semente, conforme FIGURA 1.

FIGURA 1. Disponível em:  www.yarabrasil.com.br/nutricao-plantas/culturas/milho/fatores-chave/application-strategies

      A implantação da cultura de maneira que atenda todos os quesitos técnicos necessários é fator primordial para o sucesso final aliado ao principal “INSUMO” empregado no campo que é o CAPRICHO.

Engº Agrônomo Luciano A. de Oliveira

Compartilhar

Sobre o autor

O agroreporter é um blog sobre o Agro no Brasil e no mundo, trazendo notícias relevantes, agenda com os principais eventos e cursos do setor e conteúdos inéditos para o leitor acompanhar. Fique por dentro! Compartilhe e comente nosso conteúdo nas redes sociais.

Deixe uma resposta